Academia Perimiriense visita pontos turísticos do município de Matinha

Uma comitiva da Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP) deslocou-se ao município de Matinha, com saída às 05:30h (cinco horas e trinta minutos) da manhã do dia 29/05/2022 e retorno no mesmo dia.

A comitiva foi recebida na praça central de Matinha, fiz registros fotográficos e partiu para o Povoado São Francisco, onde foi surpreendida com uma bela igreja católica, construída e doada à comunidade. A igreja possui artefatos, pintura e estrutura que remetem ao período colonial.

A pintura do teto da igreja faz lembrar a cultura barroca. A história da igreja Santo Antônio registra que um fazendeiro, Altervir Mendonça, a construiu especialmente para realização de um casamento em 2012. Ao término da cerimônia, doou-a à comunidade São Francisco.

A expedição foi orientada pela profissional Kelly, Agente de Desenvolvimento Local para fins de turismo, treinada pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (SEBRAE) e contratada pelo município.

Em seguida deslocaram-se ao povoado quilombola João Luís, mais precisamente na vista ao belo lago do Aquiri, onde a equipe saboreou um reforçado café da manhã.

 A próxima parada foi no Povoado de Itans, onde foi realizada uma aventureira viagem de barco à antiga Ilha do Lago que esconde uma linda história da povoação de Itans.

O almoço servido incluiu cardápio culinário típico de Matinha, mais precisamente do povoado de Itans, composto por uma variedade de peixe de diversos variedades, sabores e cores que fez a equipe lembrar da rica Baixada, cheia de pessoas ilustres e que fazem de sua vida um grande legado, incluindo o relato de comidas típicas da região que une cultura, diversão e muita comida na mesa.

Em seguida, visitou-se os criatórios de alevinos da comunidade, em que Narlon, criador e vice-prefeito, demonstrou o processo de inseminação e engorda dos peixes que são criados em Itans e comercializados para várias regiões.

Segundo Narlon, Matinha ocupa o segundo lugar em produção de pescado do Maranhão e o quinto do Brasil.

A prefeita Linielda e o vice-prefeito Narlon de Matinha, com maestria e simplicidade, proporcionaram aos visitantes um momento ímpar, que lembra a cidade de Peri-Mirim. Demonstraram hospitalidade, desde a chegada, onde já se podia observar a preocupação com a organização e acolhimento; outra pessoa fundamental neste evento foi César Brito, bem como os representantes da Sociedade De Cultura Latina do Estado do Maranhão que enalteceram a importância do evento, por meio de belo discursos e textos, incluindo rimas e prosas.

Matinha é um exemplo a inspirar outros municípios, pois, apresenta soluções viáveis no combate à pobreza e distribuição de prosperidade para todos, por meio do trabalho e respeito ao meio ambiente.

Para fins de prestação de contas com a Secretaria Municipal de Educação, foi expedido o Relatório que poderá ser acessado neste link: Relatório de Viagem a Matinha.

Jardim de Infância de Peri-Mirim visita ambiente ecológico na semana do Meio Ambiente

Em homenagem à Semana do Meio Ambiente, o Jardim de Infância O Pequeno Príncipe de Peri-Mirim visitou na manhã de hoje (03/06/2022) o Sítio Boa Vista, localizado no Povoado São Lourenço, distante 6 Km da sede do município, onde reside o casal Ana Cléres e Antônio Campos Sodré. A visita ocorreu sob a direção da professora  Célia Castro e promovida pela Secretaria Municipal de Educação.

As crianças participaram de várias atividades de vivências na área do sítio. O Sítio Boa Vista, além de guardar a história do tenente e herói da 2ª Guerra Floriano Mendes, ainda abriga várias espécies de plantas ornamentais, conhecidas como o Jardim de Ana Cléres, possui ainda várias espécies de árvores frutíferas; madeiras de lei como jatobá, cedro, mogno, ipês, Paricás e até o lendário Baobá. A criançada adorou.

Ana Cléres, que é gestora do Projeto Plantio Solidário da Academia de Letras, Ciências de Artes Perimiriense (ALCAP) demonstrou a sua satisfação ao receber as crianças em um dia ensolarado que exigiu resistência dos pequenos e muito amor de toda a equipe da escola que realizou várias atividades de vivência baseadas na experiência de campo.

Ana Cléres e seu esposo manifestaram sua gratidão pela presença ilustre do futuro do município, representado por crianças adoráveis. Despediram-se do grupo, com gratidão, deixando uma bela mensagem à equipe da Professora Célia Castro, que vai descrita abaixo:

Com o coração exultante de alegria quero agradecer a ilustre visita, em nosso sítio na Boa Vista, dos alunos e professoras e funcionários do Jardim de Infância Pequeno Príncipe. A visita se deu como trabalho interdisciplinar na semana do meio ambiente. Os alunos puderam conhecer, in loco, o trabalho para preservar o meio ambiente sustentável com atividades de cultivo de hortaliças e árvores frutíferas, bem como criação de pequenos animais, como galinhas, patos e paturis.

Tivemos o prazer de, neste dia, colocar em prática algumas ações do Projeto Plantio Solitário da Academia Perimiriense, do qual tenho o prazer de ser gestora.

Ficou acertado que, posteriormente, iremos realizar a permuta de mudas de espécies nativas da nossa região.

Nossa Gratidão pela confiança em nós depositada.

O casal de proprietários do sítio ficou impressionado ao assistir a tamanha competência e boa vontade demonstrada durante a visita ilustre dos alunos, professores e funcionários do Jardim Pequeno Príncipe ao sítio Boa Vista. Ficou acertado que, oportunamente, o Jardim de Infância será visitado por representantes do Projeto Plantio Solidário da ALCAP, a fim de proferir palestra e distribuir mudas de plantas. A amiga da Academia, Ducarmo, acompanhou e auxiliou em todas as atividades dos alunos.

Deixaram saudades, disse Ana Cléres, emocionada.

Academia Perimiriense promove eleição da nova Diretoria e Conselho Fiscal

A votação ocorreu às 15:00h do dia 28 de maio de 2022 (sábado) nas instalações do Colégio CEMA em Peri-Mirim/MA. A eleição para a Diretoria Executiva e Conselho Fiscal foi realizada por votação por aclamação, pois somente uma chapa habilitou-se ao certame, para um mandato de 02 (dois) anos (2022 a 2024), conforme Edital.

Diretoria Executiva é o órgão de representação da Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP), eleita simultaneamente com o Conselho Fiscal, e será constituída pelo Presidente, Vice-Presidente, Primeiro e Segundo Secretários e Primeiro e Segundo Tesoureiros. O Conselho Fiscal é constituído por 3 (três) membros efetivos. A solenidade foi comandada pela Comissão de Eleição, composta por Venceslau Pereira Júnior, Jaílson Alves de Sousa e Raimundo Martins Campelo .

Antes da eleição, foi franqueada a palavra à presidente da ALCAP nos primeiros quatro anos, Eni do Rosario Pereira Amorim,  que agradeceu pela oportunidade de ter o título de primeira diretora da ALCAP e usando da sua peculiar humildade pediu desculpas por eventuais falhas, ressaltando que:

Walt Disney tem uma célebre frase que diz: “ninguém faz nada sozinho” e ele tem razão, tudo o que construímos só foi possível devido ter uma diretoria top das galáxias, sem desmerecer nenhum desses atores, faço um agradecimento especial para minha vice-presidente Jessythania Santos que foi notável em suas proposições e sugestões para o nosso fazer acadêmicos, a Ana Creuza, Ena Jara e Diego Nunes por estarem sempre disponíveis as necessidades da ALCAP mesmo quando estavam sobrecarregado por afazeres escolares, profissionais e pessoais. Agradeço a cada confreira e confrade que se dedicaram as necessidades, solicitações e demandas para o nosso fazer Acadêmico. Minha gratidão a cada um de vocês será eterna.

Também ressaltou o protagonismo dos amigos da academia na pessoa da Ana Cléres que impulsionou as demandas da ALCAP com sua garra típica da família Martins, ao Sargento César e Maria Ducarmo que souberam ser amigos emprestando à ALCAP seus trabalhos e sua energia do bem.

À nova Diretoria, desejou êxito, sucesso e coloco-me à disposição para continuar trabalhando pelo engrandecimento das letras ciências e artes do município, assim composta:

Diretoria Eleita (2022-2024)
1. Presidente
Ana Creusa Martins dos Santos
2. Vice-presidente
Diêgo Nunes Boaes
3. 1° Secretário
Eni do Rosário Pereira Amorim
4. 2° Secretário
Francisco Viegas Paz
5. 1° Tesoureiro
Edna Jara Abreu Santos
6. 2° Tesoureiro
Manoel de Jesus Andrade Braga

Conselho Fiscal
1. Alda Regina Ribeiro Corrêa
2. Giselia Pinheiro Martins
3. José Ribamar Martins Bordalo

A presidente eleita, Ana Creusa Martins dos Santos, usou da palavra ressaltando que:

A Primeira Diretoria da ALCAP abriu os caminhos para todos os trabalhos que virão. A maioria dos que compuseram a diretoria passada faz parte da nova Diretoria eleita hoje.

Nossa meta é dar continuidade aos projetos existentes e abrir novas frentes de trabalho, a fim de colocar o nosso município como protagonista de ações educacionais, científicas e culturais.

Ficou decidido que nossas reuniões serão bimestrais, último sábado de cada mês. A primeira reunião será no dia 30/07 na residência da Família Braga (sucursal do Paraíso) em Pericumã.

Serão nomeados gestores para cada projeto da ALCAP.

Contamos com a participação de todos.
#AvanteALCAP

Após a fala da presidente eleita, os demais componentes da Chapa PERI-MIRIM SEM FRONTEIRAS usaram a palavra para agradecer o convite para fazer parte da nova diretoria eleita e se disponibilizando para colaborar no que for necessário.

Ao final, houve uma confraternização entre os membros da Academia, ocasião em que partiram um bolo em homenagem aos quatro anos da agremiação.

 

Quarto aniversário da Academia Perimiriense

No último dia 20 de maio de 2022, Peri-Mirim comemorou o quarto ano de existência de sua Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP), uma iniciativa significativa para o município. A ALCAP é uma academia nos moldes das academias populares, composta por escritores, poetas, cantores de bumba meu boi e professores, além de amantes da cultura e das artes.

Em se tratando de comemoração, consideramos importante lembrar que as origens das Academias de Letras remontam a tradição iniciada no Século XVII na França e diz respeito a uma instituição de cunho literário e linguístico que reúne uma quantidade limitada de membros fundadores e efetivos, tendo a função de zelar pelo bom nível da língua pátria.

Uma Academia de Letras deve, também, preservar o que existe de mais importante na literatura e eternizar os melhores escritores, editar livros, fazer renascer bens culturais, valorizar e defender pessoas que cultivam a literatura, a cultura e os saberes de sua gente, promover encontros, seminários e conferências, bem como estimular manifestações culturais.

Enfim, a criação de uma Academia é de suma importância para a construção da história e da cultura de um município, de um estado, de um país.

Por isso, é tão importante o estabelecimento de parcerias com o poder público, bem como com entidades, instituições e organizações públicas e privadas.

A Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense é permeada de sonhos e desejos; não tem sequer sede própria, o que a impede de organizar um acervo literário, por exemplo, de contar com um espaço para reuniões, encontros e discussões com os membros da Academia e entre esses e a comunidade para proposição de projetos e atividades.

Mas, apesar de todas as limitações, a ALCAP cumpre seu papel, na medida em que seus membros, cada um a seu modo e dentro de seu ramo de atuação, não deixaram de atuar como atores publicando livros, compartilhando textos nas redes sociais e mensagens de apoio e esperança com todos que valorizam a literatura e a cultura em nosso município.

Agradecimentos a todos os confrades e confreiras, que a ALCAP possa brilhar nos ramos das Letras, ciências, artes e saberes do seu povo.

FELIZ ANIVERSÁRIO ALCAP 💪🏻💪🏻💪🏻

Diretoria ALCAP

Academia de Peri-Mirim convoca acadêmicos para eleição da nova Diretoria

A Presidente da Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP), atendendo ao disposto nos artigos 34 a 36 do Estatuto da entidade, CONVOCA, por meio de edital, os acadêmicos, em pleno exercício de seus direitos estatutários, para inscrição no processo de eleição.

 A eleição dar-se-á por votação a ser realizada de forma presencial em eleição e secreta, ou por aclamação, no caso de chapa única. A Assembleia Geral para proclamação e homologação do resultado da eleição será realizada às 15:00h de sábado, dia 28 de maio de 2022.

A votação destina-se a eleger chapa completa para os cargos de Presidente; Vice-Presidente; 1º Secretário; 2º Secretário; 1º Tesoureiro; 2º Tesoureiro e três Membros do Conselho Fiscal.

Prevê o Edital que as chapas deverão ser registradas até o dia 25 de maio de 2022 e homologadas a partir do dia 26 de julho de 2022.

No mesmo ato, a Presidente, Eni do Rosario Pereira Amorim, nomeou os componentes da Comissão Eleitoral, formada pelos acadêmicos: Jaílson de Jesus Alves Sousa; Maria Nasaré Silva e Venceslau Pereira Júnior, que conduzirão o processo eleitoral.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÃO DE DIRETORIA 2022-2024

MIRIAN COSTA PEREIRA

Mirian Costa Pereira nasceu no dia 29 de abril de 1934, na Ilha do Maracujá.

Iniciando seus estudos aos 9 anos, com a professora Julieta Castro Marques, em sua casa, no povoado São Lourenço, no ano de 1943.   Mudou-se para São Luís do Maranhão aos 16 anos, em 1950, e iniciou seus estudos no Instituto Rosa Castro, concluindo o 2º grau da época no ano de 1960.

De volta à sua terra natal, no povoado São Lourenço já 1961 – iniciou suas atividades profissionais, na escola Santo Augustinho, povoado do mesmo nome, permanecendo lá ate, 1967.

Em 1966, participou de cursos preparatórios para catequistas, no munícipio de Guimarães, e anos depois participou do Encontro de Casais com Cristo, encontro dos dirigentes e pastoral familiar.

Em 1968 – A convite padre Gerard e o prefeito José Ribamar Martins, conhecido popularmente como (José Bacaba) veio trabalhar como professora de História e Geografia no curso de Técnico Agrícola, no Ginásio Bandeirantes no turno vespertino e noturno, que tinha como diretora a senhora Jarinila Pereira Campos, posteriormente, se tornou diretora do Grupo Escolar Carneiro de Freitas (4ª e 5ª série) sucedendo a senhora Cecilia Botão. Uma das que mais marcaram a vida da dona Miriam foi Jarinila Pereira Campos, amigas durante toda a vida.

No ano de 1972 entrou para o clube das mães, tendo sido presidente do clube da sede, durante quatro anos. Ofereceu suas habilidades tanto culturais como manuais para todos os clubes existentes na paroquia, nas reuniões mensais com sua representatividade.

Atuou como dirigente dos cultos dominicais.

Segundo dona Ana Lúcia, companheira de longa data, ela colaborou com a paróquia ensinando a catequese aos adultos e também na alfabetização dos mesmos para leitura da Bíblia e do catecismo entre os anos de 1968 e 1973. E juntamente com a irmã Marieta formou o Presidium em São Lourenço e fortaleceu a legião de Maria no mesmo povoado.

No ano de 1970 – Conheceu o Sr. Venceslau Pereira, em uma reunião da Cooperativa Agropecuária de Peri-Mirim, a qual foi sócia fundadora.

Os padres Pe. Paulo em Bequimão e Pe. Gerard em Peri-Mirim foram cupidos do namoro entre Venceslau e Mirian, namorando durante mais de dois anos.

Em 1971 a 1985 –  recebeu a direção integral do Grupo Escolar Carneiro de Freitas.

Em 1972 – casou-se com Venceslau Pereira no 12 de fevereiro de 1972 em uma terça-feira de carnaval, na Ilha do Maracujá, casamento este celebrado pela pe. Gerard Gagnon. Desse matrimônio nasceu no ano de 1973 Venceslau Pereira Junior e em 1975 Mercedes costa Pereira. Nesse mesmo ano prestou vestibular na UEMA. Para o curso de Licenciatura em Pedagogia, iniciando as aulas em dezembro desse mesmo ano no município de Caxias.

Entre os anos de 1979 e 1985 participava mensalmente no salão paroquial do estudo da folha bíblica para os cultos dominicais – foi dirigente do mesmo por vários anos.

Depoimento de Rosa Gomes: Enquanto diretora trabalhei com ela sempre admirei sua responsabilidade, paciência, amor e dedicação à sua profissão, eu vinha de Santana, ela já estava no trabalho.

Na época do padre Helder ela se dedicou à igreja e aos trabalhos da casa paroquial, ajudando financeiramente. Em 1985 com padre Helder, vendo a necessidade da igreja fundou o dízimo e pediu a colaboração de D. Rosinha Gomes, ficando as duas responsáveis pelo dinheiro, depois disso, adoeceu e passou para sua companheira.

Mais tarde ingressou na Legião de Maria sempre colaborando com dedicação e amor, estamos lhe esperando com fé em Deus e Maria Santíssima.

1985 – Aposentou-se do Estado aos 35 anos de serviço.

2001 – Ficou viúva no dia 28 de julho.

Mirian Costa Pereira tem dois filhos e três netos.

Lançamento do livro Retalhos de uma História: um marco na história de Peri-Mirim

No dia 31/03/2022 às 19:30 realizou-se o lançamento do livro Retalhos de uma História de autoria de Eni do Rosario Pereira Amorim. O evento se deu na Escola Carneiro de Freitas, contou com a presença de moradores do local, professores, acadêmicos, amantes das letras e familiares da autora.

O evento teve início com a composição da mesa de honra formada por:

1) Francisco Viegas Paz, autor dos livros: Seminarista Graças a Deus, Curiosidades Histórias de Peri-Mirim e Peri-Mirim, Cem Anos de Emancipação e participação no livro Ecos da Baixada e vários artigos publicados em jornais;

2) Edna Jara Abreu, professora, autora de vários artigos e crônicas sobre a história de Peri-Mirim, uma das revisoras do livro que ora será lançado;

3) Luís Eduardo França Tupinambá, biomédico e secretário de Agricultura do município e

4) Eni do Rosario Pereira Amorim, Técnica em Segurança do Trabalho, bacharel em Serviço Social, tem vários contos, crônicas e poesias publicadas em redes sociais, autora do livro Retalhos de uma História.

Após a formação da mesa de honra, foi executado o hino da cidade, seguindo-se do pronunciamento dos componentes da mesa.

Momento especial se deu quando aa Professora Laurijane Pereira Amorim (Nita), irmã da autora do livro declamou o poema Gratidão. Logo após, desfez-se a mesa de honra e deu-se início à sessão de autógrafos.

O lançamento do livro de Eni Amorim, 1ª presidente da Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP), deu-se no dia do 103º aniversário de emancipação do município de Peri-Mirim, e constitui-se em um marco na construção da história do município, pois resgata fragmentos da vida e obra de Maria Isabel Martins Nunes, ambientada no Povoado de Santana. A obra é permeada de fatos pitorescos envolvendo o quotidiano de vários personagens, cuja lembrança aproximará os perimirienses de suas memórias e contribuirá para a formação de laços inesquecíveis.

O evento contou com a animação agradável na voz de Frank Hudson, secretário de Cultura do município, ocasião em que foi servido um delicioso coquetel aos convidados.

A autora enalteceu a parceria do Fórum em Defesa da Baixada, Cida Cosméticos, Nossa Clínica e Secretarias municipais de Agricultura, Educação e de Cultura.

LUGAR ONDE EU VIVO

Autora Ataniêta Martins

LUGAR ONDE EU VIVO.

EM MINHAS MEMÓRIAS,

UMA SAUDADE, UMA VIAGEM

AOS TEMPOS DE OUTORA.

 

PERI-MIRIM, GRANDIOSA ÉS TU

COM TANTAS RIQUESAS

NA PECUARIA, NA LAVOURA

EM TODA A REDONDEZA

CIDADE LINDA, NASCI E SORRI,

ANDEI E CRESCI

PERI-MIRIM, EU TE ESCOLHI

QUERO FINDAR MEUS DIAS AQUI

E MINHA HISTÓRIA

AQUI CONSTRUIR.

 

 SUA NATURAL BELEZA

PODE SER COMPARADA

A UMA ENORME RIQUEZA

TEM ESCOLAS, ALUNOS E PROFESSORES

CANTORES, POETAS E DOUTORES

MÉDICOS,PESCADORES,

DENTISTAS E AGRICULTORES

PADRES, OVELHAS E PASTORES.

 

NA CALMARIA DA NOITE

PODEMOS APRECIAR

AS ESTRELAS DO CÉU

O E BELO LUAR

ESCUTA-SE DO SAPO AO GRILO

E OS VIZINHOS A CONVERSAR

ESTA É MINHA CIDADE

QUEM SAIU SENTE SAUDADES

E QUEM VEM VISITAR

APAIXONA-SE DE VERDADE.

 

E COMO ESTÁ AGORA?

SÓ PRECISA SER MAIS CUIDADA E AMADA

AS MATAS NÃO SAÓ PRESEVADAS

OS RIOS POLUIDOS, ALGUNS JÁ ENTUPIDOS

EFEITOS DA DEGENERAÇÃO

POR CAUSAS DOS MALES E VÍCIOS

AGREGOU-SE A CORRUPÇÃO

E NOSSAS CRIANÇAS?

SE A GENTE PRESERVAR

ELAS VÃO COLOBORAR

NÃO HAVERÁ DEGRADAÇÃO

DESSA FORMA

TERÁ MENOS POLUIÇÃO

OU CASO CONTRÁRIO

SÓ IRÃO OUVIR CONTAR

BELAS HISTÓRIAS

DA NOSSA GERAÇÃO.

 

ESTE MUNICÌPIO

TRAZ UMA TRAJETÓRIA

DE LUTAS E CONQUISTAS

CONTADA PELOS CENTENÁRIOS

QUE VIVENCIARAM (EM MEMORIA)

DE UM POVO LUTADOR

QUE RESPEITAM OS PRINCÍPIOS

DE HOMENS QUE AQUI PASSOU

TÃO PEQUENA, BONITA E FRÁGIL

LUGAR ONDE SE ENCONTRA BONDADE

VIVEMOS EM IRMANDADE

QUER VER OS MORADORES SE  SENSIBILIZAREM?

BASTA UM PRIMIRIENSE ESTÁ ENFERMIDADE

MAS, TAMBÉM SÃO JUSTIÇA

NÃO DEIXAM NADA, NIGUÉM

DENEGRIR A IMAGEM DA NOSSA CIDADE

ISSO QUE É AMOR DE VERDADE

COBRAM QUANDO É PRECISO

E RESPEITAM QUANDO HÁ NECESSIDADE.

 

MESMO EM TEMPOS DIFÍCEIS

TEMPO DE PANDÊMIA

VIVEMOS EM ALEGRIA…

A COVID-19, NOS SURPEENDEU

ENSINOU-NOS O QUE É A VIDA

PERDEMOS PESSOAS QUERIDAS

QUE NOS REENCONTRAREMOS UM DIA

POR  ISSO PEÇO A DEUS, O CRIADOR

PARA ALIVIAR NOSSA DOR

E CONTINUE SENDO NOSSO GUIA

QUE INTERCEDA POR NÓS, JESUS E A VIRGEM MARIA

PARA QUE NÃO PERCAMOS A ESPERAÇA

DE PROFETIZAR NOSSA FÉ

A CADA DIA DE NOSSAS VIDAS.

 

COM ESTA SIMPLES POESIA

PARABENIZO NOSSA CIDADE

103 ANOS DE EMANCIPAÇÃO

E TAMANHA IRMANDADE

TU ÉS PERI-MIRIM

UMA RARIDADE

TERRA QUERIDA

COM SUAS BELEZAS

E SUAS REALIDADES.

PARA SEMPRE VOU FICAR

PERI-MIRM,TERRA QUERIDA

MEU LUGAR!

 

Presidente da Academia de Peri-Mirim, Eni Amorim, lançará livro durante as homenagens do aniversário do município

A Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP) e demais parceiros convidam os perimirienses e amigos para o evento de  lançamento do livro de Eni Amorim, RETALHOS DE UMA HISTÓRIA, que acontecerá no 103º aniversário do município – 31 de março de 2022 -, a partir das 19:30h, no Colégio Carneiro de Freitas, na sede do município de Peri-Mirim.

Trata-se de uma coletânea de momentos históricos vividos especialmente no Povoado de Santana, terra dos ancestrais da autora. A obra são pedacinhos coloridos da vida e dos momentos que se passaram na trajetória de Maria Isabel Martins Nunes, sua bisavó. Uma mulher de fibra que teve a ousadia de tecer sua história embasada no trabalho, na solidariedade e na fé.

O livro aborda detalhes da história de Peri-Mirim, ambientada em várias épocas, discorre sobre o protagonismo dos padres da missão de Sherbrook do Canadá, principalmente do padre Gérard Gagnon que trabalhou na promoção da pessoa humana e no desenvolvimento do lugar. A obra é um primor. Vale à pena ler.

O lançamento do livro contará com o apoio do Fórum em Defesa da Baixada; Nossa Clínica; Cida Cosmético e da Prefeitura de Peri-Mirim, por meio das secretarias da Cultura, Educação e Agricultura. A ALCAP oferecerá um coquetel e, para coroar o evento, a atração musical ficará por conta da bela voz de Frank Wdson, secretário de Cultura.

Nota de Pesar pelo falecimento de Maria Braga

Os membros da Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP) vêm externar o mais profundo  pesar pelo falecimento de Maria José Andrade Braga, mãe dos acadêmicos Flávio Braga e Manoel Braga, ocorrido às 19:45h do dia 20 de fevereiro de 2022, no Hospital UDI em São Luís. O velório está ocorrendo na PAX do Centro da cidade e o sepultamento será no Parque da Saudade às 16 horas de hoje (21/02/2022).

Como bem falou sua filha Rosário Braga: Aquela que foi fonte de sabedoria, de amor, de generosidade, de solidariedade, que soube praticar com maestria o cuidar, o zelar, o ser amiga, mulher fiel a Deus, devota à Virgem Maria, membro da Legião de Maria, ministra da Eucaristia, modelo de mãe, de esposa, de avó, de bizavó, de sogra, de filha, enfim, modelo de mulher, hoje Maria José Braga foi morar com Deus.

Mesmo não estando mais entre nós sua mãe continuará presente por meio de cada um dos seus descendentes, das suas memórias, do seu Amor e da sua eterna saudade que ficou nos nossos corações .

Que Deus a receba em seus braços divinos e misericordiosos e a coloque em um lugar bem iluminado.

Finalmente, apresentamos à família Andrade Braga e aos amigos enlutados nossos sinceros sentimentos de solidariedade e respeito, bem como condolências por esta inestimável perda.