INAUGURAÇÃO DA BIBLIOTECA ALCAP PROF. TANINHO

Um sonho que se tornou realidade!

Em solenidade realizada no dia 24 de maio de 2024, a Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP), em parceria com Sindicato dos Profissionais da Educação e Servidores Municipais de Peri-Mirim (SINDPROESPEM), celebrou a inauguração da Biblioteca ALCAP Professor Taninho.

O nome da biblioteca foi dado em homenagem a Raimundo João Santos, Prof. Taninho, em reconhecimento ao seu extraordinário valor e pelos relevantes serviços prestados ao município de Peri-Mirim, cuja trajetória foi marcada pela competência e dedicação. Ele é patrono da Cadeira nº 28 da ALCAP, ocupada por Jaílson de Jesus Alves Sousa.

Prestigiaram o evento, os vereadores Charles Antoine Nunes Almeida; Pablo Lahonne Ferreira Gomes; membros da ALCAP; o Diretor da Secretária da Saúde do Trabalhador, Nilson França Oliveira, representando o Presidente do SINDPROESPEM, Lourivaldo Diniz Ribeiro; Diretores de Escolas, professores, alunos, membros do Coletivo BoraVer, familiares e amigos do Patrono que nomeia a biblioteca, entre outros representantes da comunidade.

Situado na Rua Desembargador Pereira Junior, nº 85, no Prédio do SINDPROESPEM, a biblioteca conta, atualmente, com um acervo de aproximadamente 900 livros, fruto de doações, variando entre literatura infantil, juvenil, poesia, literatura brasileira, filosofia e estará aberta à comunidade a partir 27 de maio de 2024, de segunda e a sexta, 08 às 11 e das 14 às 17 horas.

O professor Nilson França Oliveira, e um dos diretores do SINDPROESPEM, enfatizou que a parceria do sindicato com a ALCAP trará muito benefícios para o município e rogou para que esse projeto seja valorizado pelas próximas gestões do sindicato.

A professora Alda Regina Ribeiro Corrêa falou da honra e alegria em trazer os alunos do Colégio ARC para prestigiaram a inauguração da biblioteca e parabeniza a ALCAP pela grande iniciativa.

O aluno Yure Benedito Corrêa Amorim da Escola Municipal Cecília Botão destacou a importância das bibliotecas na transformação de novos leitores e chamou a atenção para o fato das crianças atualmente não usarem mais os livros para realizarem suas pesquisas pela facilidade que a internet proporciona.

Jessythannya Carvalho Santos, filha do patrono homenageado, agradeceu em nome da família pela grandiosa homenagem da ALCAP, pela grande parceria do SINDPROESPEM e por todas as doações de livros e no final firmou o compromisso como membro fundadora da Academia de que muitos projetos serão realizados para promover o incentivo à leitura, ampliar o acesso ao livro, a criatividade e o prazer pela leitura.

A Secretária da ALCAP, Eni do Rosário Pereira Amorim, destacou a importância o projeto para a democratização do acesso à informação e o papel social das bibliotecas e finalizou ressaltando todo o esforço da Presidente da ALCAP, Ana Creusa Martins dos Santos, para a concretização desse sonho.

“Estar presente neste momento tão significativo nos enche de orgulho e esperança em um futuro promissor para nossa cidade. Um futuro em que nossas crianças e adolescentes perimirienses possam ter acesso a livros…”, falou Ana Sheilla, voluntária do Coletivo BoraVer.

Para Ana Creusa Martins, presidente da ALCAP, cujo mandato encerrou brilhantemente com a inauguração da biblioteca, o espaço será um centro cultural na cidade de Peri-Mirim, promovendo atividades como consulta e empréstimo de livros, saraus, mediações de leitura e palestras. Ainda segundo ela, a instalação da biblioteca faz parte da expansão do Projeto Clube de Leitura Professor João Garcia Furtado, o qual visa fomentar o interesse pela leitura.

Após a solenidade a família doou para o acervo da biblioteca um quadro do Professor Taninho e professora Alda Ribeiro Corrêa doou o Testamento Emoldurado de Julieta de Almeida Castro Marques, esposa de Agripino Marques, patrono da ALCAP.

Com a instalação da biblioteca, a ALCAP reafirma seu compromisso em proporcionar recursos e espaços de promoção cultural.

Para marcar o evento, com chave de ouro, a confreira Nasaré Silva compôs um lindo poema em homenagem ao patrono da Biblioteca ALCAP, cujo texto segue abaixo:

HISTORIA DE TANINHO

SOLENIDADE DA SAUDADE DE JOSÉ RIBAMAR BORDALO

No dia de hoje, 25 de maio de 2024, às 19 horas, a Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP), a Família Bordalo e representantes da Igreja Matriz São Sebastião em Peri-Mirim, promoverão a Solenidade da Saudade em homenagem ao imortal da Academia, José Ribamar Martins Bordalo, que faleceu no dia 16 de novembro de 2023.

José Ribamar Martins Bordalo nasceu em 25 de maio de 1945, era filho de Jacintho Soares Ferreira Bordalo e de Maria das Mercês Martins Bordalo. Casou-se com Maria Tereza Duailibe Bordalo, deixando caudalosa descendência da qual era mentor físico e espiritual. Bordalo era um líder familiar amoroso que não precisava usar da força, ou de outra forma coercitiva para dirigir seus entes queridos.

Lembrou-me que, durante a minha permanência na presidência no Fórum em Defesa da Baixada (gestão 2017-2019), levei para o município de Peri-Mirim, o projeto Academias na Baixada. Bordalo foi um dos entusiastas para a criação da Academia. Cumpriu todas as formalidades, participou da escolha do seu patrono, disponibilizou a biografia do renomado médico perimiriense Dr. Manoel Sebastião Pinheiro, que foi escolhido como patrono da Cadeira nº 04 da confraria.

Finalmente, no dia 20 de maio de 2018 a confraria foi instalada com a eleição da primeira Diretoria Executiva e Conselho Fiscal, ocasião em que foram distribuídas as cadeiras, cabendo a Bordalo a Cadeira nº 04, em cuja posse ocorreu no dia 18 de dezembro do mesmo ano, em um evento digno de muitos aplausos – vários sites da Baixada divulgaram o evento. José Ribamar Martins Bordalo estava em companhia de familiares e amigos, cujo rosto irradiava a emoção digna de quem, de fato, compreendeu o valor da Academia para nosso município.

Salvo por razões plenamente justificáveis, Bordalo sempre participava das reuniões, cobrava a admissão de novos membros e elogiava o empenho da direção da ALCAP em tentar realizar com tão pouco! Esse era o acadêmico Bordalo: uma pessoa participativa que sempre trazia sua experiência para compartilhar com os mais jovens.

Durante o ano de 2023 tomamos conhecimento que o confrade estava com a saúde debilitada. Eu, porém, jamais imaginei que a sua partida estava próxima. Na última reunião sobre a realização do II Prêmio Naisa Amorim em 19 de maio, ele pediu que gostaria de falar durante a solenidade. Fora do Cerimonial, atendemos ao pedido dele. Sua fala foi de despedida, proferiu conselho sobre a União dos membros da entidade e da importância histórica da Academia para nosso município.

Acompanhamos a doença do confrade se agravar, o visitávamos na residência dos seus familiares em São Luís, ou em Peri-Mirim. Ao sairmos das visitas, nos confidenciávamos: “meu Deus, parece que o confrade não tem consciência da gravidade da doença”! Nossa preocupação era grande que essa esperança o fizesse sofrer mais …

E o estado de saúde dele oscilava. Havia dias que pensávamos que ele viveria muitos anos, fazia planos, falava do amor pela esposa, filhos, netos e bisnetos. Ele falava sobre o farto material que detém para lançar seu livro. Nosso sentimento era um misto de tristeza e alegria por aquela força interior, mas, que segundo a sua esposa, só se agravava.

Finalmente, em 16 de novembro de 2023 recebemos a fatídica notícia que o cérebro do confrade parou!

Porém, desde sempre soubemos que José Ribamar Martins Bordalo é imortal e que qualquer homenagem que façamos a ele ainda é pequena pelo Amor que ele dedicava à sua Academia e nós a ele. Sua obra será eternizada e nossa Gratidão se estenderá por gerações.

 

Academia Perimiriense promoverá eleição da nova Diretoria e Conselho Fiscal

Dentre todas as sociedades, nenhuma há, mais nobre e mais estável, que aquela em que os homens estejam unidos pelo amor. Cícero

A Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP) promoverá a eleição da nova Diretoria Executiva para o biênio 2024-2026. O processo eleitoral dar-se-á na Unidade de Ensino Artur Teixeira de Carvalho CEMA, às 19:00h de sexta-feira, dia 24 de maio de 2024, por votação secreta, ou por aclamação, no caso de cadastro de chapa única.  Poderão votar e serem votados os membros efetivos aptos ao voto.

A votação destinar-se-á a eleger chapa completa, conforme artigos 21 e 32 do Estatuto da ALCAP, a saber: Presidente; Vice-Presidente; 1º Secretário; 2º Secretário; 1º Tesoureiro; 2º Tesoureiro e três Membros do Conselho Fiscal.

A atual presidente do sodalício, Ana Creusa Martins dos Santos, nomeou, por meio de Edital a Comissão Eleitoral, formada pelos acadêmicos: Edna Jara Abreu Santos, Jaílson de Jesus Alves Sousa e Jessythannya Carvalho Santos. A referida comissão conduzirá o processo eleitoral e proclamará o resultado da eleição. Próximo aos seus 06 (seis) anos de existência, que ocorrerá no dia 20 de maio do ano em curso, a ALCAP promoverá a terceira eleição.

Confira na íntegra o Edital:

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÃO DIRETORIA ALCAP 2024-2026

BORAVER: Comemora o Dia Mundial da Água com Distribuição de Mudas de Pau Brasil

Hoje dia 19 de março de 2024, o Projeto Coletivo Boraver liberado pelo professor e psicólogo do município de Peri Mirim, Wanderson Farias, como uma das etapas de comemoração ao dia mundial da água de maneira diferenciada, pensando na conservação e preservação ambiental plantaram mudas de Pau-Brasil, oriundas do Sítio Boa Vista, localizado no Povoado São Lourenço, no município maranhense de Peri Mirim.

A ação ambiental foi uma ideia da ambientalista Ana Cléres Santos Ferreira, juntamente com o Secretário Municipal de Juventude Diêgo Nunes, que contou com a participação dos alunos da escola Carneiro de Freitas e Cecília Botão e alguns simpatizantes do Grupo Boraver (núcleo de adolescentes do Selo UNICEF).


“A árvore Pau-Brasil cujo nome científico é Caesalpinia echinata, é uma espécie nativa das florestas tropicais brasileiras, presente no bioma da Mata Atlântica, se estendendo desde o litoral do Rio Grande do Norte até o Rio de Janeiro. Também é conhecido por outros nomes populares como, por exemplo: ibirapitanga, paubrasilia, orabutã, brasileto, ibirapiranga, ibirapita, muirapiranga, pau-rosado, pau-de-pernambuco.
A espécie foi a primeira madeira a ser considerada de lei no Brasil como uma tentativa de impedir que ela fosse contrabandeada por navios espanhóis, franceses e ingleses que aportavam na costa do país durante o período de colonização. O motivo da invenção do termo “madeira de lei” foi para alertar que só podiam ser exploradas as madeiras que a Coroa Portuguesa autorizasse, ou seja, dependia de uma permissão exigida por Lei para cortar”. Fonte: ibflorestas.org.

Almoço Tradicional dos Acadêmicos e Amigos da ALCAP no Sítio Jurema

Já é tradição: um depois  da realização da Ação de Graças na Jurema, é realizado um almoço entre os acadêmicos e amigos da Academia de Letras Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP), a última edição do evento foi dia 15 de outubro de 2023.

Para ratificar o ambiente de confraternização, cada participante do almoço leva um prato de alimento ou sobremesa a seu gosto. O evento é regado com boas conversas e contação de histórias engraçadas.

O Projeto Soletrando da Escola Municipal São João Batista em Peri-Mirim é um sucesso

No dia 01 de dezembro de 2023, foi realizada a culminância da segunda edição do Projeto Soletrando da Escola Municipal São João Batista, idealizado e posto em prática em sala de aula pela professora Dalcione França desde o ano passado (2022) e foi estendido às demais turmas fazendo a culminância no fim do ano.

Devido ao sucesso e rendimento dos alunos foi possível perceber a importância de manter esse Projeto no PPP da Escola.

Este ano, iniciaram com todas as turmas no segundo semestre, tendo quatro eliminatórias, sendo três com todos os alunos e uma repescagem – no intuito de quem fosse saindo, não perdesse o estímulo em continuar estudando.

Ficaram para a semifinal quatro alunos de cada turma. Para que, depois do embate, ficasse um vencedor para disputar a grande Final. A dinâmica do soletrando se baseia no acerto de todas as palavras sorteadas; cada turma com palavras específicas para o nível.

No dia 01 de dezembro, se reuniram na escola, professores e demais funcionários da escola, representantes da Secretaria de Educação Municipal (SEMED), alunos, pais dos alunos concorrentes e os os cinco finalistas, representantes das cinco turmas do Ensino fundamental que existe na referida escola.

Além disso, a Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP) fez-se presente compondo a mesa dos Jurados, representada pela confrade Edna Jara Abreu Santos (Cadeira 25), na oportunidade, com efeito de imensa gratidão pelo convite, a ALCAP doou uma cesta de kit escolar para o 3º lugar.

Os alunos finalistas foram: Antônio Neto (1º ano); Yasmin Heloyse (2º ano); Gleycielle (3º ano); Dafyne Fernanda; (4º ano) e Rayssa (5º ano).

Depois de passarem por rodadas disputadíssimas e aproximadamente duzentas palavras para cada, chegou-se a um resultado:
O quinto lugar ficou com a Gleycielle (3º ano) que recebeu R$ 50,00; Dafyne Fernanda ficou com o quarto lugar – recebeu R$ 50,00; Rayssa (5º ano) ficou em terceiro, recebendo o kit escolar da ALCAP. Em uma disputa acirrada ficou:
2 lugar: Yasmin Heloyse (2º ano) – 1 tablet
1 lugar: Antônio Neto (1º ano) – 1 televisão

A ALCAP acredita em projetos como este que transforma a vida das crianças e jovens perimirienses. Fazendo-se saber que é a Educação o ponto-chave para melhorar nosso futuro. Na oportunidade, parabeniza a escola São João Batista pelo incentivo à escrita e leitura e agradece o convite ensejando já o próximo.

BANDA MARCIAL MUNICIPAL DE PERI-MIRIM- BAMMPEM

BAMMPM- BANDA MARCIAL MUNICIPAL DE PERI-MIRIM

BANDA MARCIAL MUNICIPAL DE PERI-MIRIM-BAMMPEM

INTRODUÇÃO

Deu-se início a Banda Marcial Municipal de Peri-Mirim- BAMMPM no ano de 2018 no mandato do ex-prefeito Dr. Geraldo Amorim a proposta de criação e organização de uma banda marcial do município foi uma iniciativa da então secretária de educação a professora Alda Regina Ribeiro Corrêa, juntamente com a sua equipe da SEMED onde foram feito teste para os alunos entrarem na banda que tinha como Coordenador Geral o senhor Jeferson Ribeiro e como professores: Raul Felipe, da percussão e do sopro o professor Jardiel Ribeiro e da linha de frente o professor Júnior. A Banda Marcial Municipal de Peri-Mirim- BAMMPM teve a sua primeira apresentação no município, no dia primeiro de setembro do ano de 2018 desde então vem abrilhantando o desfile da nossa cidade.

A Banda Marcial Municipal de Peri-Mirim- BAMMPM foi reativada no ano de 2022 pela atual secretária de educação a professora Zaine Ferreira com o apoio da Prefeitura Municipal de Peri Mirim, gestão de Heliezer Soares, atualmente é composta por 75 alunos, divididos em corpo coreógrafo e musical. É coordenada pelo músico o senhor Jean Simas e pelos professores Keliane Ribeiro da linha de frente e do corpo musical os professores: Fábio Aurélio e Ronaldo.

OBJETIVO

Construir processos de transformação social e promover aspectos educacionais e pedagógicos. De forma simultânea, atua como agente de transformação indo ao encontro dos processos de socialização do músico participante dela, com objetivo de melhoramento no desempenho escolar, representação cultural e elemento de motivação aos indivíduos, propiciando para a formação musical, social e intelectual dos alunos.

 

Nota de Pesar pelo falecimento de José Ribamar Martins Bordalo

Os membros da Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP) vêm externar o mais profundo  pesar pelo falecimento de José Ribamar Martins Bordalo, ocorrido na noite desta quinta-feira, dia 16 de novembro de 2023, no Hospital de Peri-Mirim. Bordalo era ocupante da Cadeira nº 04 da ALCAP. Nasceu em 25 de maio de 1945, era filho de Jacintho Soares Ferreira Bordalo e de Maria das Mercês Martins Bordalo.

Bordalo era um sonhador, visionário; seu pensamento sempre estava voltado para a melhoria do município onde nasceu seus pais e avós. Deixou, na sua trajetória de vida, lindas e preciosas lembranças construídas em uma história singular de dedicação. Destacou-se como empresário do ramo da pecuária, mantendo a tradição milenar, cultivada pelos seus avós. Desempenhou várias atividades políticas e culturais no município de Peri-Mirim.

Ultimamente, Bordalo se dedicava às atividades da ALCAP e à família, a quem dedicava especial atenção.

Nesse momento de profunda tristeza, os acadêmicos desejam que a família (esposa, filhos, netos e bisneto) encontrem conforto e força em Deus para enfrentar essa perda irreparável. Que a fé, a paz e a serenidade orientem os familiares e amigos  momento de despedida.

ALEXSANDRA ALVES GARCIA

Nascida em 1977, em Peri Mirim, Baixada Maranhense, filha dos agricultores, João Roberto Garcia, já falecido e Maria Celeste Garcia. Alexsandra Alves Garcia, chegou ao Paço do Lumiar em 1991 pra morar com as irmãs, concluiu o ensino médio no Colégio Erasmo Dias, no Maiobão, foi doméstica, é comerciante do ramo de refrigeração e chega à Câmara Municipal com uma longa trajetória de mulher trabalhadora. Tem uma filha de 18 anos, Eunice Garcia e vive há dez anos com Adriano Linhares, há seis anos mora na Vila Epitácio Cafeteira.

Ingressou à Câmara Municipal de Paço do Lumiar como filiada ao Partido Rede Sustentabilidade em 2019 e é eleita vereadora pela primeira vez em 2020, com 320 votos. Períodos de Mandatos:
2021 a 2024.

A vereadora é bastante atuante na Câmara Municipal, apresentou vários projetos de lei, destacando-se o projeto que obriga bares, cafés, quiosques, centros e complexos gastronômicos, restaurantes, casas noturnas, casas de show e de eventos em geral de Paço do Lumiar a adotar medidas de auxilio à mulher que se sinta em situação de risco e também o projeto que reconhece oficialmente a língua brasileira de sinais Libras no Município de Paço do Lumiar, bem como outros projetos ligados à Cultura.

FRANCISCO VIEGAS SERÁ UM DOS PALESTRANTES NO EVENTO “DIÁLOGOS BAIXADEIROS” PROMOVIDO PELA UFMA

A Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP) parabeniza o acadêmico Francisco Viegas pela sua participação, no próximo dia 30/10/2023 (segunda-feira) das 14:00 às 17h30, no evento  denominado “Diálogos Baixadeiros – Falas sobre a Baixada” promovido pelo Departamento do Curso de História da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

A palestra de Viegas versa sobre “A criação comunicativa do baixadeiro”. Nada mais oportuno, pois, Francisco Viegas é autor dos livros Curiosidades Históricas de Peri-Mirim, Peri-Mirim, cem anos de emancipação e Seminarista Graças a Deus, que versam sobre vários assuntos atinentes à Baixada e sua gente. As referidas obras imortalizaram o autor, que é membro da Diretoria da ALCAP.

Diversos olhares, percepções, vivências e memórias marcam o evento “Diálogos Baixadeiros – Falas sobre a Baixada”, Projeto de Extensão do Departamento de História da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) que ganhará nova edição em São Luís, a segunda-feira (30), das 14h às 17h30, com entrada gratuita.

Com o eixo central “Falas sobre a Baixada”, em cada um dos encontros, a palestra possui temas centrais, com convidados especiais, autores oriundos da Baixada. Sob organização do professor Manoel de Jesus Barros Martins, do Departamento de História da UFMA, o evento conta com o apoio do Departamento de História, do Curso de História, do Centro de Ciências Humanas e do Centro Pedagógico Paulo Freire – local onde será realizado o evento, na sala 101, Asa Norte, a partir das 14h.

Para Manoel Martins, o evento é um importante espaço para que professores, alunos e o público em geral possa debater e conhecer mais sobre essa importante região do Maranhão.

“A Baixada conta com um quantitativo expressivo de autoras e autores cujas obras remetem ao entendimento de facetas muito caras à formação social maranhense, porém essa produção e seus autores nem sempre são reconhecidos”, afirma o professor.

“Diálogos Baixadeiros – Falas sobre a Baixada” será realizado em formato presencial, na UFMA. As Rodas de Conversa serão gravadas e disponibilizadas a seguir pelo canal oficial do evento no YouTube, pelo link: https://youtube.com/@BaixadadoMaranhao.

Histórico dos Diálogos Baixadeiros
A partir de maio deste ano, foram realizadas as primeiras Rodas de Conversa, no âmbito da disciplina “Baixada do Maranhão: trajetórias e perspectivas”, com o tema “Diálogos Baixadeiros”. Diferente da atual edição, que será realizado em seis datas, às quintas feiras, de 14.09 a 09.11, o evento de estreia foi realizado em cinco datas – nos dias 5, 12, 19 e 26 de maio e 2 de junho.

Os vídeos da primeira edição podem ser encontrados no YouTube, no canal @BaixadadoMaranhao. Para mais informações, entre em contato pelo e-mail baixadadoma@gmail.com.

Curiosidades históricas de Peri-MirimSeminarista graças a Deus - Francisco Viegas Paz